• Luiz Fernando Paggiossi

Home Office ou trabalho híbrido ?

Inegavelmente o trabalho à distância atingiu em cheio todo tipo de corporação, das menores as gigantes.



Já faz muito tempo que nós implantamos o sistema home office em vários dos nossos clientes, inicialmente relutantes, mas depois de aderirem, puderam constatar os benefícios que o home office gera.


Tanto o empregador quanto o trabalhador ganham com isso em termos financeiros e saúde mental para todos os envolvidos, que não precisam mais se deslocar horas por dia para chegar ao escritório. Esse ganho emocional gera mais confiança e produtividade.


Algumas empresas ainda relutam em colocar parte ou toda a equipe em home office, instituindo o chamado trabalho híbrido; ou seja em alguns dias do mês o funcionário deve se deslocar até a empresa para trabalhar ou ter reuniões.


Um sistema que com o tempo irá mostrar que não funciona, que gera mais despesas e menos produtividade, isso é fato.


Seria mais prudente e producente se tais empresas que insistem no trabalho híbrido desenvolvessem métodos de avaliação remota, cartão de ponto, tarefas por produção com tempo previamente estipulado e outras soluções que pudessem controlar e manter a roda girando, sem a necessidade do trabalho presencial.


Nós por exemplo, que trabalhamos com TI, estamos há décadas trabalhando em home e ajustando os servidores de nossos clientes via remota; isso é perfeitamente possível para diversas áreas comerciais; de atendimento é claro que o setor produtivo não pode ser remoto, mas pense em quantas áreas da sua empresa poderiam estar produzindo mais e melhor se estivem em casa de bermuda e chinelo ?





4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo